(19) 3877-2579 [email protected]

O Carnaval é a festa mais popular no Brasil, época da folia, alegria em que as pessoas saem em busca de diversão. É justamente nesse momento que alguns indivíduos ficam mais propensas ao uso de drogas e consumo excessivo de álcool. Por isso, é muito importante ter cuidado com os lugares onde festeja o carnaval e com o uso dessas substâncias.

O álcool por exemplo, costuma ser o maior vilão, e no período de carnaval seu consumo se eleva drasticamente, aumentado números de acidentes e mortes por conta disso.

Por mais que seja ilegal o uso de algumas substâncias, no carnaval as drogas chegam com mais força. Prova disso é aumento de pessoas em hospitais, machucadas por algum tipo de acidente ou brigas e também por exagerarem no álcool e fazerem uso de drogas.

Nessa matéria, separamos 5 dicas para você curtir o #carnavalsemvacilo de maneira responsável, cautelosa e muito mais divertida.

1. Cuidado com a bebida alcoólica

O consumo de álcool no carnaval aumenta muito. Diversos fatores influenciam tal número, como os apelos excessivos em comerciais de bebidas alcoólicas, influência de artistas, e a fácil comercialização desse tipo de bebida que é feita sem um controle rígido em diversos estabelecimentos, como padarias e lojas de conveniência, e por vendedores ambulantes.

Para aproveitar um #carnavalsemvacilo, não exagere na bebida alcoólica e evite misturar vários tipos diferentes de bebidas com teor alcoólico. O álcool é a droga mais consumida em todo mundo e a que causa mais danos.

Além de vários malefícios a saúde, ainda causa embriaguez e acidentes. Ao fazer o uso de bebidas alcoólicas, lembre-se de se hidratar com água no intervalo de uma dose de bebida a outra.

A água hidrata o corpo e ajuda a controlar o teor alcoólico. Não dirija caso tenha bebido, reveze com os amigos o “motorista da rodada” ou escolha por táxis e carros de aplicativos. Mesmo em quantidade pequenas, evite dirigir.

Beber com responsabilidade e moderação é a melhor maneira de evitar problemas.

2.        Sobre o uso de drogas

As drogas ilícitas é motivo de acabar com o carnaval de muitas pessoas. Em um primeiro momento as drogas trazem sensações de bem-estar e alegrias aos foliões.  Porém, quando a metabolização dessas substâncias começa a cair, surgem os efeitos negativos, como sonolência, irritabilidade, perda de memória e dificuldade de tomar decisões.

Assim, a experiência deixa de ser prazerosa e pode ter consequências graves. O consumo excessivo de álcool ou outras drogas pode causar diversos problemas de saúde físicos e mentais, como depressão, ansiedade e vício.

Quando a droga é consumida em excesso, seus efeitos podem ser ainda piores. Algumas pessoas são propensas a terem problemas de saúde e algumas nem sabem disso. As drogas aumentam o risco de ataques de pânico e depressão – principalmente em meio de multidões-, sensação de perseguição, ataques epilépticos, convulsões, overdose e ataques cardíacos.

E os ricos ainda se multiplicam, quando há mistura álcool + drogas.

Drogas Estimulantes + Álcool

Entre as drogas estimulantes, as mais comuns no carnaval são o lança perfume, ecstasy e cocaína. Essas drogas trazem efeitos de prazer e a falsa sensação de alegria e sobriedade, e quando misturadas com álcool, fazem com que a pessoa consuma em maior quantidade, aumentando o risco de paradas cardíacas, arritmia e overdose.

Drogas Psicodélicas + Álcool

As drogas psicodélicas como LSD, MDMA e Cogumelos, trazem reações perigosas e muitas vezes indesejadas afetando sua noção de risco e quando misturadas com álcool, seus efeitos são ainda mais potentes e perigosos. No meio de muitas pessoas, os usuários podem ter crises sérias de pânico e perseguição, aumentando sua frequência cardíaca e levando o usuário a cometer atos perigosos e fatal. 

 Drogas Depressoras + Álcool

As drogas depressoras diminuem o nível de atividade no cérebro, deixando o organismo bem mais lento. Algumas mais comuns são sedativos, mofinas e ketaminas. Seus efeitos junto ao álcool aumentam rapidamente. O usuário pode sofrer sérias complicações em meio a folia de carnaval como parada cardiorespiratória, diminuição de batimentos cardíacos e coma.

Outro vilão do carnaval, que muitas pessoas não medem o perigo, são os energéticos. Os energéticos são ricos em cafeína e outras substâncias como taurina e glucoronolactona, sendo assim um poderoso estimulantes, capazes de deixar a pessoa alerta por várias horas. Muitas pessoas bebem energético como refrigerante, e isso é um grande erro. Consumido em excesso ou misturado com alguma droga, os energéticos podem causar arritmia, infarto, parada respiratória e muitos outros riscos fatais para saúde.

3.        Fique longe de brigas

Tome cuidado com brigas e confusões. A maior parte de brigas, são justamente pessoas que abusam de álcool e fazem uso de drogas e acaba se envolvendo em confusão. Se houver uma briga próximo a você, se afaste imediatamente e chame a segurança mais próxima a você.


Ebook – A falsa alegria das drogas!


4.        Atenção ao trânsito

           Segundo a ABRAMET, em 61% dos acidentes de trânsito a bebida alcoólica está presente.  O número de acidentes de trânsito cresce em torno de 20%, durante o carnaval. Ainda segundo Associação Brasileira de Medicina de Trânsito Realizadas no país, aproximadamente 34% das mortes por causas violentas envolvem pessoas alcoolizadas. Esses números são alarmantes, principalmente quando se participa do #carnavalsemvacilo. Tome cuidado com o trânsito e dirija com responsabilidade. 

5.        Use preservativo

O álcool e as drogas, junto a folia de carnaval, podem deixar as pessoas mais desinibidas e à vontade, afetando seus julgamentos sobre riscos. Esse é o erro de muitas pessoas. O sexo sem preservativo, é a porta de entrada para doenças sexualmente transmissíveis, como a AIDS, DST e à gravidez indesejada. Tenha sempre preservativos com você e armazene da maneira correta. Use sempre camisinha, para um #carnavalsemvacilo.

Seguindo as dicas e sem deixar a responsabilidade de lado, o feriado fica melhor e você curte muito mais. Ficou animado? Conte para nós nos comentários. Use nossa hashtag nas redes sociais e ajude outras pessoas também terem um #carnavalsemvacilo. Continue em nosso Blog e confira mais dicas como essa.

Precisa de um tratamento sério e com profissionais responsáveis?
Ligue para nós: (19) 3877-2579

Nós ligamos pra você!