(19) 3877-2579 [email protected]

A overdose acontece quando se usa uma dose excessiva de uma determinada droga ou medicamento. Quando isso acontece, provoca sérios problemas a saúde principalmente no sistema respiratório do corpo. 

Os sintomas de que uma pessoa está sofrendo uma overdose, pode variar bastante de acordo com a droga, pois ela agem de maneiras distintas no nosso corpo. Por esse motivo, é muito importante as pessoas ao redor estar atentas para saber identificar esses sintomas e procurar ajuda médico o quanto antes. 

Sintomas de início de Overdose

– Respiração fraca ou dificuldade de respirar;
– Braços e pernas moles e sem força;
– Desorientação;
– Diminuição do batimento cardíaco;
– Desmaio sem resposta;
– Palidez;
– Lábios e ponta dos dedos de cor aroxeada;
– Ronco ou respiração com borbulhas, indicando que algo está obstruindo o pulmão.

Outros tipos de sintomas de overdose por drogas estimulantes como ecstasy, cocaína e anfetamina:

– Dor no peito;
– Confusão mental;
– Febre;
– Tremor;
– Perda de consciência;
– Paranoia, agitação e alucinação;
– Convulsão;
– Dor forte de cabeça.

Pode ocorrer também, dor intensa no lado superior direito da barriga; Náuseas, vômitos e tonturas fortes.

Além disso, é importante lembrar que usar diversas drogas ao mesmo tempo sem se alimentar e se hidratar bem, aumenta o risco de overdose e morte.

O que fazer quando um pessoa estiver em overdose?

No caso de overdose, principalmente quando a pessoa vai desmaiar e está perdendo a consciência, deve-se:

– Verificar os sintomas ao lado;
– Chamar a vítima pelo nome e tentar mantê-la acordada, não grite nem se desespere;
– Em caso de perda de consciência, deve-se deitar a vítima de lado, pois esta posição facilita a respiração e evita engasgos;
– Ligar para a emergência para chamar uma ambulância e receber orientações de primeiros socorros, é muito importante seguir a risca;
– Não induzir o vômito;
– Não oferecer bebidas ou alimentos;
– Manter-se atento à vítima até a ambulância chegar, verificando se ela continua respirando e se o seu estado em geral não piora. Não deixe-a sozinha.
– Além disso, você deve levar até a emergência as drogas usadas pela pessoa e se souber como foi feito o uso e de qual substância avise aos paramédicos. Isso pode salvar a vida de seu amigo.

O que fazer quando um pessoa estiver em overdose?

No caso de overdose, principalmente quando a pessoa vai desmaiar e está perdendo a consciência, deve-se:

– Verificar os sintomas ao lado;
– Chamar a vítima pelo nome e tentar mantê-la acordada, não grite nem se desespere;
– Em caso de perda de consciência, deve-se deitar a vítima de lado, pois esta posição facilita a respiração e evita engasgos;
– Ligar para a emergência para chamar uma ambulância e receber orientações de primeiros socorros, é muito importante seguir a risca;
– Não induzir o vômito;
– Não oferecer bebidas ou alimentos;
– Manter-se atento à vítima até a ambulância chegar, verificando se ela continua respirando e se o seu estado em geral não piora. Não deixe-a sozinha.
– Além disso, você deve levar até a emergência as drogas usadas pela pessoa e se souber como foi feito o uso e de qual substância avise aos paramédicos. Isso pode salvar a vida!

Como funciona o tratamento de pessoas que usam drogas?

A dependência química é uma doença crônica e multifatorial, isso significa que diversos fatores contribuem para o seu desenvolvimento, incluindo a quantidade e frequência de uso da substância, a condição de saúde do indivíduo e fatores genéticos, psicossociais e ambientais. Os motivos para o uso de drogas são diversos e hoje em dia, fazem muitas pessoas de vítimas. O tratamento correto é feito em um Clínica de Recuperação. É claro que, ajuda emocional dessa hora conta muito. Quando a família ou a própria vítima toma a inciativa e a decisão de começar esse tratamento muitas coisas começam a se encaixar. O tratamento em um Clínica, é feito com profissionais e médicos que vão acolher e tratar.


Não deixe de procurar ajuda. No caso de overdose, você também pode ligar para o 192 — número para emergências médicas do governo — ou para alguma clínica particular preparada para atender esses casos 24h. Apesar de ser um momento muito estressante, deve-se ter calma nesse momento par ajudar o usuário. Deixe seu comentário e continue acompanhando nosso Blog!

Nós ligamos pra você!