(19) 3877-2579 [email protected]
Escolha uma Página

Considerando que a dependência química é uma doença e precisa ser tratada de forma imediata, muitas pessoas ficam com dúvidas com relação à internação drogas.

Afinal, será mesmo que é necessária a internação drogas? Preciso investir na clínica dependente químico Huxley?

Bem, a resposta é: sim.

Isso porque, quanto antes o dependente químico buscar tratamento, melhor para a sua expectativa e qualidade de vida.

Venha conosco e entenda mais sobre a necessidade da internação drogas. Boa leitura!

O temperamento do dependente químico muda muito com o uso de drogas

O dependente químico vai, gradualmente, perdendo a sua essência. A sua rotina muda, assim como o seu comportamento.

Uma hora ele pode estar feliz, confiante e positivo; e, em outras, está depressivo, agitado e até mesmo violento.

Isso acontece porque a droga faz uma verdadeira bagunça no seu organismo. Ele sente que, para ser feliz e fugir dos seus problemas, precisa usar substâncias ilícitas.

Assim, ele vai, cada vez mais, entrando em um abismo sem fim, onde não há verdades, não há amigos, não há família e não há nenhum laço emocional: há somente as drogas.

Ele pensa que só consegue viver quando estiver drogado. Então, vai aumentando as doses diárias para ter um sentimento ilusório de prazer e, quando você percebe, pode ser tarde demais.

Afinal, as consequências podem se tornar trágicas e irreversíveis.

Portanto, quanto antes o dependente químico procurar uma clínica de reabilitação, melhor para si e para todas as pessoas que convivem com ele.

O dependente químico some por alguns dias e retorna para casa machucado

Na maioria das vezes, o dependente químico mascara a sua realidade. Então, ele não quer mostrar para a sua família que está se drogando e pensa que eles acreditam nas suas mentiras.

Sendo assim, para se drogar, ele foge de casa — principalmente porque sabe que, no interior do berço familiar, haverá cobranças, julgamentos e incompreensão.

Viver nas ruas não é nada fácil. Você até pode imaginar o sofrimento que é, a indignação e a perda da dignidade que acontece.

Assim, o dependente químico acaba se envolvendo em brigas, devido ao comportamento agressivo proveniente do uso de drogas.

Além disso, ele precisa comprar drogas. Então, acaba se envolvendo em roubos e procura alternativas para comprar fiado. Porém, os traficantes cobram.

Da mesma maneira, quando os efeitos da droga passam e o dependente se arrepende, volta para casa. Machucado, sem dignidade, sem esperança e arrependido.

Esse ciclo se repete, pois, sozinho, o dependente não consegue se livrar desses comportamentos — por isso, a internação é sempre a melhor alternativa.

>> Você também pode gostar de baixar o nosso e-book sobre como lidar com dependente químico.

O dependente químico se envolve em dívidas e tem problemas com traficantes

Como vimos anteriormente, é muito natural que o dependente comece a viver nas ruas. Assim, ele começa a pedir esmolas e depende da caridade de pessoas desconhecidas para sobreviver.

Afinal, ele precisa sustentar o seu vício, pois já não tem mais renda fixa (é muito comum perder o emprego devido à instabilidade dos seus comportamentos e atitudes).

Dessa forma, ele retorna para casa quando precisa pedir dinheiro emprestado, pegar algum objeto para vender ou, quando isso já não se torna mais uma alternativa, envolve-se em roubos.

Isso porque, ele pensa que precisa da droga para sobreviver. E os traficantes não gostam de ninguém devendo, pois isso prejudica a lucratividade dos seus negócios.

Porém, sabemos das consequências de se envolver com problemas e dívidas com traficantes, certo?

Então, para que isso não aconteça, a internação em uma clínica é sempre a melhor alternativa para cuidar bem de quem você ama.

O dependente químico rouba e pode roubar e cometer crimes

Precisamos considerar que a dependência química é um risco para toda a sociedade. 

Se você tem o pensamento: “Fulano é inofensivo. Ele jamais machucaria uma pessoa”, saiba que essa ideia está completamente equivocada.

Afinal, aquela pessoa doce, trabalhadora, justa e certa, pode não existir mais em um determinado momento do uso de drogas.

A mente do dependente muda e ele perde a noção da realidade e só se preocupa com o seu vício. Então, por mais que você não imagine que o seu familiar cometeria um crime, saiba que isso pode acontecer.

Ele se desespera porque não tem dinheiro para pagar as suas dívidas e se envolve em roubos — o que já é considerado crime.

Porém, isso pode ir além: se ele estiver drogado e entrar em uma residência em que há pessoas, ele pode cometer crimes em nome das drogas.

É uma situação desagradável, chata e que desespera. Mas, não podemos deixar de falar que isso é algo que, com facilidade, infelizmente, pode acontecer.

Portanto, a recuperação do dependente com a internação drogas é sempre a melhor alternativa para que ele não chegue a esse estado.

O dependente químico pode ter diversas doenças e ir ao óbito

A lista de doenças que o dependente químico pode pegar é imensa. 

Afinal, ele começa a não ter mais cuidado consigo mesmo, deixando de se alimentar e a ter condições básicas de higiene — como escovar os dentes, limpar-se após as necessidades e tomar banho.

Por não ter uma dieta saudável com os alimentos básicos que ajudam o nosso corpo e mente funcionar corretamente, ele emagrece. Afinal, não há nutrientes no seu organismo que ajudam a manter uma rotina saudável.

Portanto, o corpo vai se debilitando cada vez mais, pois ele não tem mais a resistência imunológica necessária para não contrair doenças.

Sem contar que precisamos considerar também que ele pode pegar e transmitir uma série de doenças sexualmente transmissíveis (DST); pois, em muitos casos, passa a se prostituir para conseguir drogas.

Tudo isso pode levar o dependente ao óbito. Então, não se engane: ele sempre corre risco de vida e a internação é sempre a melhor alternativa.

Não espere! Invista na internação drogas em uma clínica especializada agora mesmo!

Todas as consequências que citamos neste conteúdo são importantes para você compreender que o dependente químico está diariamente enfrentando risco de vida.

Esses sinais podem aparecer juntos ou isolados, então, não é possível esperar. O dependente químico, por mais que tenha força de vontade e seja forte, não conseguirá sair da dependência sozinho.

Então, a sua missão — como pai, mãe, familiar, amigo (a), namorado (a), irmão (a), colega — é intervir, pois essa é a melhor solução.

O dependente químico corre risco de vida. A dependência é uma doença que acaba com a qualidade de vida e perspectiva do paciente. 

Por isso, mesmo que ele recuse o tratamento, saiba que a internação é sempre a melhor alternativa.

Gostou de aprender mais sobre a internação drogas? Se sim, complemente o seu estudo no assunto conferindo também: Clínica para dependentes químicos: como funciona? Boa leitura!

0 0 votes
Article Rating