(19) 3877-2579 [email protected]
Escolha uma Página

Hoje iremos falar um pouco sobre as “clínicas de dependência gratuita”, quais são e seus tipos de tratamentos oferecidos.

A dependência química é uma triste realidade que muitas pessoas enfrentam.

As estatísticas apontam que cada dia mais cresce o número de pessoas que enfrentam essa doença, deixando muitas famílias desamparadas e sem saber lidar com a situação.

Com esperança e urgência em buscar tratamento rápido, muitas famílias procuram clínicas de dependência gratuita, sem pesquisar sua índole, seus certificados e seus tipos de tratamentos.

Esse tipo de atitude, pode ser determinar o sucesso ou não da recuperação e também a saúde de um familiar.

Preparamos esse artigo, para ajudar a entender a diferença sobre tratamento de dependência química, ONGs e centros terapêuticos. Além disso, iremos alertar os riscos que o paciente pode correr durante a internação em centros não autorizados e más condutas de locais não especializados. Continue a leitura. 

Quais são os pontos fundamentais que devemos ter atenção ao escolher uma Clínica de Recuperação?

Existem diversos pontos importantes que devemos levar em consideração na hora de escolher uma clínica de dependência gratuita. O primeiro lugar é se atentar na diferença entre clínica médica de recuperação, ONGs e centros terapêuticos. 

Alguns centros terapêuticos, podem tirar proveito de famílias de dependentes, oferecendo serviços e tratamentos duvidosos. 

Para isso, se atente sempre em pesquisar e conhecer referências dos locais onde deseja fazer a internação de seu familiar.

Clique aqui e saiba como escolher uma Clínica confiável.

Brevemente abaixo, vamos explicar as diferenças de locais para tratamento.

Clínicas de dependência gratuita e centros

ONGs

Como já falamos em conteúdos aqui no blog, as ONGs são instituições governamentais, mantidas financeiramente por doações do governo e de empresários locais. O seu corpo clínico é mantido por voluntários da saúde, principalmente aposentados.

Comunidades Terapêuticas

As comunidades terapêuticas, conhecidas também como clínicas de dependência gratuita, são grupos de tratamento com diversas subcategorias. Existem comunidades terapêuticas focadas em pessoas já recuperadas do vício incentivando outras pessoas a fazer o mesmo, comunidades terapêuticas criadas por grupos de voluntários e estudantes de psicologia, algumas criadas por instituições religiosas.

Clínica Médica de Recuperação

As clínicas médicas de recuperação, são ambientes seguros e preparados para atender os pacientes com vício. Composta por uma equipe ampla de profissionais, entre eles médicos e psiquiatras, e equipamentos modernos para exames e instalações clínicas.

Quais riscos o paciente pode correr em centros não especializados?

1- Especialização Clínica de Recuperação

É fundamental para o tratamento de recuperação para dependentes químicos, um corpo clínico qualificado, com formação na área da saúde e acima de tudo experiente para fazer o acompanhamento e tratamento dos pacientes. 

A maior parte do tempo, o paciente que está passando por tratamento seu contato é direto com profissionais da saúde. Para validação da família, a clínica deve expor quais são seus colaboradores do corpo clínico, seus papéis e seus certificados. 

As clínicas de dependência gratuita e ONGs têm em seu quadro de profissionais, aposentados que estão como voluntários no tratamento e muitos não dispõe de experiência na área de recuperação de drogas e em especialização médica para realizar diagnósticos antes mesmo de iniciar o tratamento.

Além disso, por ser voluntária, a carga horária que um profissional voluntário dispõe, muitas vezes é bem inferior à de uma clínica particular.  

Em centros terapêuticos, muitas vezes não existe nenhum profissional da saúde.

Em alguns casos, são os próprios recuperados da instituição que por bom comportamento se tornam mentores do tratamento de recuperação, fazendo isso de forma perigosa, colocando em risco a saúde de uma pessoa que está precisando de cuidados médicos e psicológicos.

ebook quanto custa uma clinica de reabilitacao

Quanto custa uma Clínica de Recuperação

 2- Equipamentos

Uma parte extremamente importante no tratamento para dependência química, assim como os profissionais, são os exames preliminares ao início do tratamento. Esses exames são necessários para identificar o estado clínico do paciente, como já falamos em algumas matérias aqui no blog, antes mesmo de iniciar qualquer etapa do tratamento.

Para fazer exames de alta tecnologia, seguros e indolor, é preciso alguns equipamentos específicos, que ONGs e clínicas de dependência gratuita não possuem (muitos nem mesmo fazem exames). O fato é, o valor desses equipamentos e sua manutenção são altos, além de necessitar de profissionais experientes para analisar os resultados. Um diferencial que um centro terapêutico não vai ter.

O problema de não realizar exames, é que não há um diagnóstico de como está a saúde do dependente, e quais os pontos de atenção no tratamento, como uma doença causada pelo uso de substâncias químicas.

 3- Processo de Internação

Essa é uma grande diferença encontrada em clínicas de recuperação particular em comparação a clínicas gratuitas. O processo bem traçado de interação, com tudo que o paciente precisa dentro dele, é fundamental para a reabilitação

Esse processo é desenvolvido de uma forma geral em centros terapêuticos, ONGs e clínicas paralelas. Dentro dessas estruturas, o processo de internação visa a melhora com rapidez, para que outras pessoas possam também realizar.

Clínicas gratuitas geralmente não possuem uma equipe preparada e com formações específicas para direcionar os pacientes, assim como também fazer remoções em casos de emergência, acompanhado sempre por um médico ou psicólogo, como o caso da Clínica Huxley.

Essas clínicas de dependência gratuitas, acabam prejudicando ainda mais o estado do adicto, agindo de forma violenta e grosseira, até mesmo conduzindo-o amarrado ou sob efeito de calmantes.

No caso da Clínica Huxley, por exemplo, cada paciente tem o seu processo feito exclusivamente para ele, após os resultados de uma série de exames para identificação do quadro de saúde.

4- Acompanhamento Profissional 24h

O acompanhamento profissional 24h por dia, garante a segurança e tranquilidade no tratamento, tanto para a família quanto para o paciente. 

Ainda, em alguns casos, é necessário o uso de medicamentos para ajudar no tratamento de recuperação. Contudo, os pacientes nunca têm acesso aos medicamentos. Para isso, em clínicas particulares, existe sempre uma equipe de plantão, como médicos e enfermeiros para acompanhar o paciente durante a noite e administrar as doses corretas de medicação nos horários prescritos.

Outro ponto a destacar, é o perigo de realizarem tratamento com métodos não certificados, como a Ibogaína. Em clínicas terapêuticas gratuitas, não existem médicos e profissionais para receitar medicações, ou para avaliar outro problema de saúde que o dependente possa ter. 

5- Alta

O tratamento, recuperação e reabilitação levam tempo, e cada um em especifico tem um tempo diferente para que isso ocorra. É necessário, sempre, estar avaliando a saúde do paciente, e ter um acompanhamento psiquiátrico e psicológico, com a evolução das etapas do tratamento.

São avaliados pontos importantes como: saúde física, saúde mental e desintoxicação das drogas.

Como explicamos acima, existem diversos pontos que devemos ter atenção na hora de escolher entre o tratamento pago ou gratuito, levando em conta muitos aspectos dentro de um tratamento.

Entendemos que muitas vezes a família não tem condições financeiras para custear a estadia do dependente químico dentro de uma clínica particular. Para isso, algumas dessas clínicas, como no caso da Huxley, que dispõe de alguns leitos para internação de pessoas que não podem pagar pelo tratamento. 

Caso seja feito um tratamento sem assistência médica, existem diversos riscos para a saúde do paciente, principalmente em estágios avançados de dependência química. Procure informações e referência sobre clínicas de recuperação, sempre que houver dúvidas.

E você, sabia dessas diferenças?

Compartilhe com as pessoas que você acredita que precisam saber sobre essas informações importantes. Entre em contato com a Clínica Huxley, que podemos ajudar!

Precisa de ajuda para tratamento médico profissional?

0 0 votes
Article Rating