(19) 3877-2579 [email protected]
Escolha uma Página

Você já ouviu falar nos 12 Passos de Narcóticos Anônimos?

Essa metodologia foi criada nos Estados Unidos, em 1930, por Bill W. e é baseada no encontro consigo a fim de vencer os vícios. Dessa forma, ela traz uma filosofia do amor, respeito, compaixão e do fortalecimento pessoal. 

Alexandre Cardoso Castanheira, da Clínica Huxley, vai nos ajudar a compreender melhor essa teoria. Afinal, ele é expert no assunto, pois é veterano e idealista dessa metodologia no Brasil. Vamos lá?


1. Admito que sou impotente perante o álcool e a droga e que perdi o domínio da minha vida: o primeiro dos 12 passos de Narcóticos Anônimos


O primeiro passo é entender que o álcool e a droga são mais fortes que você. Sendo assim, é fundamental compreender que você parou com esses hábitos nocivos e começou a VIVER. 

Agora, você não é mais um escravo da droga e pode começar a pensar em ter um domínio da própria vida. A ideia é solidificar a base com o objetivo de construir um homem novo, mais forte.


2. Venho acreditar que um poder maior poderia me devolver a sanidade


A ideia dessa etapa dos 12 passos de Narcóticos Anônimos é copiar as pessoas bem-sucedidas. É acreditar que o psicólogo, o amigo, a esposa (ou quem quer que seja) pode te ajudar a parar de usar drogas. 

Também é possível copiar os comportamentos das pessoas que estão “limpas” há mais tempo, assim como as ideias e filosofias utilizadas no seu dia a dia. É preciso copiar boas ações para voltar a ter sanidade.


3. Decidi entregar a minha vida e minha vontade aos cuidados de Deus da maneira com que concebo


A terceira fase dos 12 passos de Narcóticos Anônimos é o da entrega, pois você precisa aprender a se compreender bem, entender a importância que Deus tem na sua vida e realizar essa entrega. 

É preciso ter fé e saber confiar no poder de um bem maior. É necessário se dedicar de corpo e alma, assim como Jesus Cristo, quando morreu pelos nossos pecados.


4. Conto os seus pecados uns aos outros


A ideia da quarta etapa dos 12 passos de Narcóticos Anônimos é confessar os seus pecados. Então, é necessário escrever em um papel tudo o que você recorda da sua história (tanto as coisas boas quanto as ruins). 

O mais importante é lembrar e escrever como você era antes das drogas, pois irá notar que antes mesmo a sua vida não era tão boa assim. Você já tinha relacionamentos ruins, maus comportamentos, falta de afeto e baixa autoestima. A ideia é ter uma terapia de choque consigo.


5. Admito a Deus e a outro ser humano a natureza exata das nossas falhas


A ideia é confessar os seus segredos a quem você confia. O padrinho do programa de alcoólicos anônimos, por exemplo, pode ser uma excelente opção para você desabafar.. Afinal, ele também já foi um dependente e se curou do vício, portanto, certamente poderá contribuir com a sua reabilitação. 

Confessar-se ao padrinho é importante porque ele não vai julgar, tampouco, criticar os seus atos. Além disso, ele já passou pelo que você está passando e entende bem essa realidade.


6. Prontifico inteiramente que Deus remova os defeitos de caráter: um dos 12 passos de Narcóticos Anônimos


Quando você se confessa perante a Deus e a outro ser humano, abre espaço para a autoaceitação. Você percebe que fez coisas ruins, mas que ainda tem muita coisa boa para viver. Entende que no tempo que passou você foi fraco, covarde e desonesto, mas Deus pode remover isso. 

É importante experimentar o quão leve você ficou e se tornou a partir do momento que começou a trilhar um novo caminho. O início começa de dentro para fora e é um momento gostoso, pois você começa a se conhecer melhor.


7. Humildemente, rogo a Ele que me livre das minhas imperfeições


Ser humilde é ser do jeito que sou, aceitar os meus defeitos e a minha história. Quando você se torna humilde e entrega a Deus as suas imperfeições, faz com que Ele ajude a removê-las. Assim, é possível se perdoar a aprender a viver consigo, tornando a jornada mais suportável. Além disso, é o momento em que você começa a experimentar quem você é de verdade.


Entre agora mesmo em contato e peça ajuda profissional!


8. Faço uma lista com o nome das pessoas as quais eu prejudiquei e me dispus a retratá-las, pedir perdão a todas elas


A oitava etapa dos 12 passos de Narcóticos Anônimos é o do perdão: é pedir perdão para todas as pessoas que você prejudicou (seja pai, mãe, irmão, polícia, vizinho etc). É importante fazer uma lista completa de todas as pessoas que você precisa pedir desculpas e encontrar maneiras para se retratar.


9. Faço reparações diretas a tais pessoas sabendo o momento certo para que eu não venha prejudicar outras e de que forma fazê-lo


O novo passo é referente a buscar perdão como uma forma de se libertar para construir um homem novo. É encontrar formas a fim de reparar os seus erros (seja pagar uma conta no bar, devolver o dinheiro dos pais etc). Porém, é fundamental estar pronto para dar esse passo para não repetir os mesmos erros.


10. Continuo fazendo um relatório diário da minha vida: um dos 12 passos de Narcóticos Anônimos


Escrever o seu dia a dia em um diário, por mais que possa parecer chato, é muito importante. Contar como foram as suas atividades no dia (sem mentiras) é uma ideia bacana para se reencontrar nesse processo. Ao escrever e manter o relatório diário você permite se conhecer melhor e ainda fazer uma reflexão mais aprofundada no que ainda pode realizar.


11. Procuro, por meio da oração, melhorar o relacionamento com Deus


A décima primeira etapa dos 12 passos de Narcóticos Anônimos é compreender que é importante rezar e buscar tanto na prece quanto na meditação, formas para melhorar o nosso contato consciente com Deus e entender que Ele pode guiar os nossos caminhos.


12. Pratico os doze passos em todas as minhas atividades


A última etapa dos 12 passos de Narcóticos Anônimos se refere ao despertar espiritual, que nada mais é do que um resultado de todos esses passos que citamos aqui. É saber levar essa mensagem aos outros e praticar esses princípios em todas as suas atividades.


Caso prefira assistir em nosso canal no youtube, Alexandre Castanheira traz em vídeo os 12 passos do NA.

Você gostou de aprender mais sobre os 12 passos de Narcóticos Anônimos? Sabia que aqui, na Clínica Huxley, seguimos esses passos? Entre em contato e vamos conversar!

0 0 votes
Article Rating