(19) 3877-2579 [email protected]

O TDAH sigla de Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade é um transtorno neurobiológico que aparece na infância e que na maioria dos casos acompanha o indivíduo por toda a vida. O TDAH também pode ocorrer como consequência do uso de algumas substâncias químicas. Se caracteriza pela combinação de sintomas de desatenção, hiperatividade e impulsividade conhecida por muitos como DDA (Distúrbio do Déficit de Atenção).

Nesse artigo, vamos te mostrar o que é TDAH e quais seus sintomas e como as substâncias químicas podem influenciar no desenvolvimento desse distúrbio. Confira.


O que é TDAH?

O TDAH é resultado de alguns problemas no funcionamento de regiões do cérebro que determinam a inibição do indivíduo, sua memória de trabalho, sua capacidade de planejamento e outras atividades.A parte frontal do cérebro é a mais afetada nestes casos. A região é chamada lobo-frontal e tem a tarefa de inibir comportamentos inadequados, trazer autocontrole, desenvolver a atenção e organização do indivíduo.


É importante dizer que o TDAH não é uma doença, e sim um distúrbio, portanto não existe uma cura para solucioná-lo e sim um tratamento para melhor conviver com ele. Estudos apontam que 3% a 5% das crianças em idade escolar e sua prevalência é maior entre os meninos. Dificuldade para manter o foco nas atividades propostas e agitação motora caracterizam a síndrome.

Relações entre TDAH e drogas

Estudos indicam a associação de TDAH e a utilização de drogas, mostrando a possibilidade de pessoas que têm esse distúrbio serem mais propensas a fazerem um uso abusivo. Uma pesquisa realizada pela equipe do Massachusetts General Hospital (MGH) demonstrou que pessoas com esse diagnóstico podem correr quase o dobro do risco de abuso de substâncias.

Por outro lado, o doutor Gustavo Teixeira, diz em sua pesquisas que associavam o TDAH ao abuso de substâncias psicoativas na adolescência. Os resultados afirmam que 20% a 50% dos pacientes dependentes de álcool apresentam esse transtorno em seu histórico. No que diz respeito ao abuso de cocaína, esse número pode chegar aos 45%.

Alguns dos motivos que levam pessoas com TDAH a usar drogas. Um dos grande motivos são os níveis de ansiedade, baixa autoestima e impulsividade. A pessoa afetado pelo distúrbio, muitas vezes, busca as substâncias químicas na tentativa de acalmar a mente, aumentar a concentração, diminuir dores e se sentir aceito.

O uso de drogas tem graves efeitos e consequências, podendo se transformar em dependência química. Pesquisas mostram também que o abuso é comum em pessoas que têm transtorno de humor associado ao TDAH. Tomar cuidado com pessoas com TDAH é extremamente importante.

Ouça o PodCast do Dr. Fábio Pinheiro e saiba mais.

Nós ligamos pra você!