(19) 3877-2579 [email protected]

A depressão,  é um distúrbio afetivo que tem origem desde os primórdios da humanidade. Hoje, a depressão atinge a marca de mais de 300 milhões de pessoas no mundo, independente da sua faixa etária e gênero. Só no Brasil, os dados apontam para a margem de 5,9% da população que já é afetada pela depressão.

Porém, ainda é possível nos dias de hoje a depressão não ser vista e nem tratada com uma doença. E isso pode ter graves consequências. O motivo de ser tratada tão sem importância é que muitas vezes a doença é confundida com tristeza e preocupações passageiras.Existem diversos tipos de depressão e é muito importante o reconhecimento para ajuda no tratamento mais eficaz. Conheça algumas delas:

Depressão leve (episódio ou distimia)
É a fase em que a pessoa apresenta alterações no seu comportamento e na qualidade de vida que é desencadeada por:

– mau humor;
– alta de vontade de fazer coisas;
– negligência de responsabilidades;
– pouca energia;
– falta de prazer;
– disfunção do sono, insônia e sono interrompido;
– falta de apetite;
– dislexia ou déficit de atenção e concentração;

‘’Ela começa com sintomas típicos da depressão, porém mais leves, de longa duração e bem demarcados, ou seja, a pessoa consegue definir quando está bem e quando não está”, explica o psiquiatra Ricardo Alberto Moreno.

Depressão bipolar (perturbação afetiva bipolar)
Ou transtorno bipolar como é chamado também, que seria uma espécie de subtipo de depressão. Esse tipo alterna episódio de mania (euforia), associados ou não a tais episódios depressivos. Seus sintomas são:

– fases alternadas entre irritabilidade e bom humor;
– impulsividade, distração e impaciência;
– mudanças repentinas de humor;
– manias consecutivas com prejuízo para as atividades diárias;
– sentimento de vazio;

Depressão atípica
Os sintomas são mais leves, mas ainda assim é de difícil diagnóstico, podendo ter causas ambientais e genéticas que levam ao desequilíbrio químico que ocorre a nível cerebral. Acontece quando a pessoa passa por quadros que tendem a ser considerados como de tristeza profunda, melancolias, possui pensamentos sobre sentido da vida, morte, falta de esperança e inércia perante a vida. Seus sintomas são:

– falta de energia para reagir;
– cansaço e apatia;
– sono excessivo

Depressão sazonal
Transtorno Afetivo Sazonal pode tornar alguns meses do ano insuportáveis e infindáveis. Está relacionada a situações ocasionais como fatores climáticos, inverno ou falta de luz solar, por exemplo, que possuem relação direta com as glândulas endócrinas do cérebro e falta de vitaminas. 

Existem variados outros tipos de depressão e um tratamento adequado para cada um delas. Independente de qual seja, a depressão é um doença e deve ser tratada com seriedade. Baixe gratuitamente nosso eBook sobre depressão e seus tratamentos e saiba mais sobre os demais tipos de depressão e seus tratamentos.

Nós ligamos pra você!