Uma clínica de recuperação é um lugar emblemático. Existem muitas espalhadas no país e no mundo, e cada uma delas possui uma forma específica de organização e de trabalho. Porém, a grande maioria delas traz consigo elementos em comum. Aqui você saberá como funciona realmente uma clínica de recuperação.

O funcionamento de uma clínica de recuperação

Uma clínica de recuperação funciona especificamente para o tratamento especializado para pacientes e usuários, para casos de doenças e de dependência química. O tratamento é realizado mediante diagnóstico feito por médicos, psicólogos, psiquiatras e diversos tipos de terapeutas que procuram estabelecer um programa de ação por um determinado período. Diferentemente de uma clínica médica, a clínica de recuperação têm seus profissionais integralmente disponíveis para seus usuários, facilitando assim, seu tratamento.

Em geral, a clínica de recuperação localiza-se em locais onde seu acesso é bastante restrito. Isso por razão da discrição, conforto e principalmente da tranquilidade para quem é clinicado. Através de um tratamento intensivo, o paciente terá toda a ajuda necessária para uma recuperação em seu devido tempo, a fim de prosseguir em sua vida rumo à socialização.

Entre os principais métodos aplicados em uma clínica de recuperação podemos contar com três tipos de procedimentos:

Terapias

O paciente pode ficar tanto internado integralmente (interno) quanto semi-internado (externo). No último caso, ele poderá visitar a clínica de recuperação apenas para ser orientado por um profissional e receber tratamento psicológico, bem como ter acesso aos grupos sociais, como de alcoólicos e narcóticos anônimos, entre outros.

Em geral, as terapias, também chamadas de psicoterapias possuem a função de tratar o paciente para poder prosseguir com sua vida normalmente sem uma internação integral e com altas medicações.

Medicações

No processo de internação, parcial e integral, existem formas combinadas de tratamentos com remédios para casos do paciente que possui dependência química ou sofre de algum transtorno psicoemocional.

Internação

Nem todos os casos de internação são padrões. O tratamento adequado de cada paciente deve ser orientado pela equipe médica profissional da clínica de recuperação. O caso da internação integral é no momento em que o paciente permanece pelo menos mais de dois dias, uma semana ou mais na clínica de recuperação, dependendo de sua gravidade. Na verdade, cada pessoa apresenta um quadro clínico específico o que sugere que nem todos os casos são diagnosticados da mesma forma.

Escolher uma clínica deve ter o mesmo rigor de se escolher um hospital para um tratamento ou internação, por exemplo. Ou seja, você fará uma pesquisa para saber se o local possui boa estrutura e é de confiança.

Portanto, antes de procurar uma clínica de recuperação, veja com um profissional sobre o melhor local, bem como o tipo de tratamento que é indicado para o paciente. Uma boa clínica de recuperação requer diversos tratamentos, aparelhos, dispositivos, ambulatórios, acomodações, consultórios, etc.

Uma clínica de recuperação assim apresentada deverá ter um serviço de tratamentos multidisciplinares que sejam referência para os casos diagnosticados. Através das práticas psicoterapêuticas e médicas capacitadas, é possível fazer a escolha certa.

Você tem alguma dúvida sobre a Clínica de Recuperação e o tratamento correto ? Clique no botão abaixo que entraremos em contato com você!

Quero contato com um especialista

Nós ligamos pra você!