(19) 3877-2579 [email protected]
Escolha uma Página

Não é drama, não é pra chamar atenção, nem é a falta de Deus e muito menos frescura. A depressão é uma doença psiquiátrica crônica e recorrentes que produz alterações no humor caracterizada por tristeza profunda e forte sentimento de desesperança. Nos quadros de depressão, a tristeza não dá tréguas, mesmo que não haja uma causa aparente.

Quando alguém que você conhece e ama está passando por esse momento delicado, você quer estar presente para essa pessoa. Ainda mesmo assim, tenha em sua mente que seu amigo ou ente querido tem uma condição clínica séria. Dar apoio é muito mais que oferecer o ombro para chorar. Muitas coisas podem ser feitas para que a pessoa em quadros depressivos sintam-se melhor. Porém, o mais importante, é termos a consciência de que o cuidado psicológico e muitas vezes psiquiátrico é fundamental para que esses indivíduos se recuperem.

Separamos aqui algumas dicas que você pode fazer para ajudar muito alguém com depressão.


1- Saiba ouvir e acolher

Encontre o momento e lugar apropriado para conversar. Ouvi o que a pessoa tem a dizer é uma das melhoras formas de ajudar. Deixe ele saber e sentir que você está ali realmente ouvindo-o e ajudando. Não o interrompa, nem desmereça sua condição. Ofereça empatia, acolhimento e apoio e não julgue suas atitudes. 

2- Aconselhe a procurar ajuda de profissional

Incentivar a pessoa a procurar ajuda médica é extremamente importante. Ajude-a a entender o quão importante vai ser procurar ajuda profissional adequada para tratar a depressão.  Ofereça-se para acompanhá-la a uma consulta.

3- Tenha cautela

Em casos graves de depressão, deve-se ficar atento para riscos de vida. Fique em atenção e assegure-se de que ele (a) não tenha acesso a meios para provocar a própria morte (por exemplo, pesticidas, armas de fogo ou medicamentos) em casa. Se você acha que essa pessoa está em perigo imediato, não a deixe sozinha. Procure ajuda de profissionais de serviços de emergência ou alguma Clínica especializada.

4- Não condene

“Isso é covardia ”.
“É loucura”.
“É fraqueza”.

Não banalize
“É por isso que quer morrer? Já passei por coisas bem piores e não me matei”.

Não opine
“Você quer chamar a atenção”.
“Te falta Deus”.
“Isso é falta de vergonha na cara”.

Não dê sermão
“Tantas pessoas com problemas mais sérios que o seu, siga em frente”.

Evite frases de incentivo
“Levanta a cabeça, deixa disso”.
“Pense positivo”.
“A vida é boa”.

5- Não ignore comentários suicidas

Existe uma ideia muito difundida no Brasil que diz que “quem vai se matar não avisa ou tenta, apenas se mata”. Isso é completamente falso. De acordo com Luiz Scocca, metade das pessoas que tentam se suicidar realmente conseguem. Além disso, 35% das tentativas malsucedidas são realizadas de novo dentro de um ano.

Portanto, nunca ignore um comentário sobre suicídio. Pelo contrário, leve-o a sério. Nesse caso, o que você pode fazer é conversar com a pessoa sobre isso e estimulá-la a procurar ajuda profissional o quanto antes. Avisar o terapeuta ou o psiquiatra responsável pelo caso também é uma saída.

6- Persista no tratamento e acompanhe a recuperação.

Nessa fase de tratamento e recuperação, é muito importante apoio, ajuda e motivação. Seja forte e passe confiança para a pessoa. Com poucos passos e muita compaixão, em pouco tempo, a pessoa querida vai poder retomar um vida confortável, saudável e normal. 
Depressão é uma doença seria! Descobrir que alguém próximo está passando pela doença é essencial para ajudá-lo da maneira correta. 

A Clínica Huxley é uma das maiores e mais completa Clínica de Reabilitação para Dependência Química e Depressão, possuímos os equipamentos de alta tecnologia, certificações e um quadro de profissionais experientes e preparados para ajudar na recuperação de nossos pacientes. Oferecemos atendimento 24h por dia, dando total apoio e suporte aos familiares desde a remoção de nossos pacientes. Nós podemos te ajudar! Deixe seu comentário e continue acompanhando nosso Blog. Clique aqui e baixe o eBook sobre depressão.

0 0 votes
Article Rating